Polícia procura família de paciente sem identificação internado em estado grave no Hospital Regional de Guanambi.

A Polícia Civil de Guanambi procura por algum familiar de um paciente que deu entrada no Hospital Regional de Guanambi (HRG) sem identificação. Ele está internado na unidade de saúde desde a madrugada desta terça-feira (25), com quadro de traumatismo craniano e sem condições de se comunicar. De acordo com informações obtidas pelo Sudoeste Bahia, o homem foi encontrado desacordado por um taxista na Praça Gercino Coelho, no Centro de Guanambi e levado pelo Samu para a emergência do HRG. (mais…)


2ª Turma do STF vai discutir pedido de liberdade de Lula

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta terça-feira, 25, que vai analisar dois processos que podem colocar em liberdade o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso e condenado no âmbito da Operação Lava Jato. Um dos temas que vão ser discutidos na sessão desta terça-feira é a possibilidade de Lula sair da prisão e aguardar em liberdade até a conclusão do julgamento em que o petista acusa o ex-juiz federal Sergio Moro de agir com “parcialidade” ao condená-lo no caso do triplex do Guarujá. (mais…)

Polícia diz que explosivos foram detonados antes de rompimento de barragem em MG

A Polícia Civil de Minas Gerais confirmou que houve uma detonação de explosivos dentro da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, antes de a barragem B1 se romper. A declaração foi feita pelo delegado titular da Delegacia de Meio Ambiente, Luiz Otávio Paulon, nesta terça-feira (25). O rompimento, que deixou mais de 240 pessoas mortas e 24 ainda desaparecidas, completa cinco meses. (mais…)

Bahia não atinge meta de cobertura vacinal; 86% da população se vacinou

A Bahia não atingiu a meta de 90% da população vacinada contra o vírus da gripe. De acordo com o Ministério da Saúde, o estado teve 86% de cobertura vacinal. Outros sete estados também não alcançaram a meta: Acre (86,7%), Rio de Janeiro (86,9%), São Paulo (84,7%), Paraná (86,9%), Santa Catarina (86,8%), Rio Grande do Sul (86,5%) e Mato Grosso do Sul (89,8%). (mais…)