Posto de Gasolina Transcoob afirma que atua em absoluta transparência e respeitando as normas dos órgãos fiscalizadores. A direção do Posto Transcoob, foi surpreendida na tarde desta sexta-feirta,27 de dezembro, com um cliente que havia abastecido no posto, com a divulgação nos grupos de Watt Zaap e mídias sociais, de que tinha abastecido seu veículo, e a bomba do referente posto havia registrado uma quantidade maior do que é estabelecido nos manual do veículo, e na postagem sugeria à todos quantos possa ter alcance da noticia de que havia sido ludibriado e enganado. E que iria recorrer às instâncias legais para reivindicar os seus direitos. Enquanto a estas dúvidas e indagações, são prerrogativas que assiste e é garantida à todos os Consumidores, através do código do consumidor. O que deixou margem de dúvidas e indignação dos responsáveis pelo posto foi a má fé, e o espirito de vingança do consumidor, que espalhou nas mídias sociais uma sonora que expõem funcionários e a direção do Posto de que estava sendo lesado sem as devidas comprovações legais ou aferimento do produto adquirido. (uma vez que já é de comprovação de muitas pessoas, que nos manuais dos veículos cita que os tanque de combustíveis comporta tal quantidade, e na maioria deles, a reserva que não é citada comporta até dez por cento a mais – que segundo os fabricantes são reservas para proteger componentes eletrônicos dos veículos). O que até o momento não tem sido levado em conta pela clientela e pela população de Vitória da Conquista, que conhece a conduta, os princípios e o respeito com que todos são tratados no estabelecimento. E que tem como base o Código do consumidor como seu mirante na gestão. O Posto de Gasolina Transcoob funciona há mais de duas décadas, (praticamente no mesmo local) foi formado através de uma cooperativa para atender aos taxistas de Vitória da Conquista, com o fechamento da cooperativa, e foi passado para a iniciativa privada, o atual proprietário adquiriu as cotas, e deu continuidade praticamente atendendo a mesma clientela de origem fornecendo combustível com melhor preço. Após um entendimento com o locador, o posto deixou de funcionar no interior da garagem da antiga empresa Conquistense e passou a funcionar frente a AV. Juracy Magalhães. E para isso, teve que passar por todos os processos que exige as competências: municipais, estaduais e federais, tendo sido aprovadas e atestadas, por todos os órgãos que regulamentam e deliberam sobre as atividades referentes, a este tipo de serviço e negócio. Para demostra a absoluta transparência, e respeito aos seus clientes, e de toda a população de Vitória da Conquista, a direção do Posto Transcoob se coloca a inteira disposição da imprensa, da população, caso tenham interesse queira auferi os produtos fornecidos. In loco.

A direção do Posto Transcoob, foi surpreendida na tarde desta sexta-feirta,27 de dezembro, com um cliente que havia abastecido no posto, com a divulgação nos grupos de Watt Zaap e mídias sociais, de que tinha abastecido seu veículo, e a bomba do referente posto havia registrado uma quantidade maior do que é estabelecido nos manual do veículo, e na postagem sugeria à todos quantos possa ter alcance da noticia de que havia sido ludibriado e enganado. (mais…)


PETO 77 corta coração de nóias após acabar com boca de fumo no centro.

Resumo: Por volta das 15:30 a guarnição do PETO 7727, recebeu denúncia de populares de um tráfico de drogas localizado na Rua Cassiano Santos. No apartamento denunciado foi encontrado com  um jovem, uma quantitade de entorpecentes, balança de precisão e dinheiro oriundo do tráfico de drogas. Todo material juntamente com o indivíduo foi devidamente apresentado na delegacia para adoção das medidas cabíveis.

MATERIAL APREENDIDO:

▪510 petecas de crack
▪33 petecas de cocaína
▪02 pedaços de maconha
▪01 celular Motorola
▪R$ 298,00

 




Jequié: Servidores fazem marcha fúnebre contra não pagamento de 13° por prefeitura.

Funcionários da prefeitura de Jequié, no Médio Sudoeste, levaram um caixão para a frente da prefeitura da cidade para protestar contra o não pagamento do 13° salário. Segundo o Jequié Repórter, a manifestação ocorreu na noite desta quinta-feira (26). Trajados de camisas pretas, os manifestantes fizeram uma espécie de marcha fúnebre. (mais…)


Lula é indiciado pela PF sob suspeita de propina de R$ 4 milhões da Odebrecht a instituto.

A Polícia Federal no Paraná indiciou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sob suspeita de corrupção passiva e lavagem de dinheiro relacionados a repasses de R$ 4 milhões feitos pela Odebrecht ao Instituto Lula. O relatório final da PF foi assinado na última segunda-feira (23) pelo delegado Dante Pegoraro Lemos e faz parte de uma investigação aberta em 2015 para apurar o recebimento de valores de empreiteiras investigadas na Lava Jato pela Lils, a empresa de palestras de Lula. (mais…)


Desenvolvimento Social realiza capacitação sobre registro de informações socioassistenciais.

O fortalecimento do Sistema Único de Assistência Social (Suas), a ampliação da oferta de serviços e a garantia de mais benefícios dependem da qualidade das informações que abastecem, diariamente, vários sistemas de coleta de dados. Para facilitar e tornar mais eficiente a captação dessas informações nos serviços onde a população é atendida, a Prefeitura de Vitória da Conquista criou uma tecnologia própria, o RMU – o Registro Mensal Unificado. (mais…)

Operação Natal: Rodovias federais baianas tiveram 6 acidentes com mortes.

Seis acidentes com mortes foram registrados nas rodovias federias que cortam a Bahia durante a operação Natal, realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) entre os dias 20 e 25 de dezembro. O número de mortes, no entanto, não foi divulgado no balanço da PRF. (mais…)




Liberação de cultivo da maconha pode colocar Brasil como grande exportador.

O enorme potencial agrícola e as condições climáticas favoráveis para o cultivo de Cannabis podem tornar o Brasil um grande exportador da planta, segundo pesquisa feita pela ADWA Cannabis, startup voltada para o desenvolvimento de tecnologias para cadeia produtiva da erva. (mais…)