Correios e Telebras entraram oficialmente no programa de privatizações.

O presidente Jair Bolsonaro inclui oficialmente,  os Correios e a Telebras no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). Os dois decretos foram publicados no Diário Oficial da União. Com essa confirmação, estudos devem ser realizados para privatização das duas estatais. A venda das empresas, no entanto, ainda requer aval do Congresso Nacional. Esse estudo prévio deve determinar o modelo de desestatização que o governo julga mais adequado. Como por exemplo, a abertura de capital, venda de ações ou privatização. Comitês com integrantes do Ministério da Economia, Casa Civil, Ministério de Ciência e Tecnologia, Inovações e Telecomunicações e do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) serão instaurados para acompanhar os estudos. Representantes das próprias estatais também participarão do processo. (mais…)


Receita envia cartas a contribuintes sobre inconsistências nas declarações do IR

Cerca de 330 mil contribuintes receberão cartas com avisos sobre indícios de inconsistências nas declarações do Imposto de Renda da Pessoa Física relativas ao exercício 2019. As cartas começaram a ser enviadas no início da segunda quinzena de outubro, pela Receita Federal. (mais…)


Bahia é o 3° estado que mais vai receber com o megaleilão do petróleo

Foi aprovado pelo Senado e pela Câmara o projeto de lei que define as novas regras para a divisão, entre estados e União, dos recursos do megaleilão de petróleo marcado para 6 de novembro. No total, o governo federal prevê arrecadar R$ 106,5 bilhões, e a Bahia é o terceiro estado que mais irá receber recursos, com R$ R$ 763,1 milhões. (mais…)

MP garante 13º para Bolsa Família apenas neste ano

O Diário Oficial da União desta quarta-feira, 16, publicou a Medida Provisória 898/2019, que garante o pagamento de uma 13.ª parcela do Bolsa Família, como abono natalino. A medida, assinada pelo presidente Jair Bolsonaro na terça-feira, vale apenas para este ano, mas o presidente pode assinar outras MPs nos próximos anos. A promessa de campanha era de que o benefício seria permanente. (mais…)



Pesquisa aponta que 11% dos trabalhadores com ensino superior ganham salário mínimo.

Se um dia completar o ensino superior foi garantia de sucesso profissional, há tempos essa realidade mudou. Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, apontam que 11% dos trabalhadores formais e informais que cursaram faculdades ganhavam até um salário mínimo, atualmente em R$ 998, no segundo trimestre deste ano. Esse é o maior patamar que a pesquisa alcançou desde sua primeira edição em 2012. (mais…)