Brumado: Câmara vota na próxima segunda-feira (06) pedido de cassação do mandato do prefeito Eduardo Vasconcelos

A sessão da próxima segunda-feira (06) será muito movimentada na Câmara de Vereadores de Brumado, já que irá acontecer a votação acerca da admissibilidade/prosseguimento da denúncia para cassação do mandato do prefeito Eduardo Lima Vasconcelos (PSB). (mais…)


Apresentadores de rádio e tv têm até 11 de agosto para se desincompatibilizar

Com a promulgação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que adia o primeiro turno das eleições municipais deste ano para o dia 15 de novembro, apresentadores de rádio e tevê que desejam disputar o próximo pleito têm agora uma nova data para isso. O projeto aprovado na quarta, 1º , em dois turnos, pela Câmara dos Deputados, mantém o texto previsto pelo Senado, do dia 11 de agosto para a desincompatibilização dos postulantes que atuam nas emissoras de rádio e televisão. (mais…)





Brumado: MP recomenda que prefeito anule contratações, designações e nomeações de parentes

O promotor de justiça Millen Castro Medeiros de Moura, recomendou ao prefeito de Brumado Eduardo Lima Vasconcelos (PSB) que, no prazo de 10 dias, anule as contratações, designações e nomeações de todos os agentes públicos que sejam cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, da autoridade nomeante, do prefeito, do vice-prefeito, dos vereadores, ou de servidor da mesma pessoa jurídica investida em cargo de direção, chefia e assessoramento, para o exercício de cargo em comissão ou de confiança ou, ainda, de função gratificada na administração pública direta e indireta do Município de Brumado. (mais…)



Sérgio Moro desponta como principal adversário de Jair Bolsonaro em 2022

O ex-ministro da Justiça Sergio Moro é hoje o principal adversário de Jair Bolsonaro na corrida presidencial de 2022, segundo levantamento da Quaest Consultoria e Pesquisa. Na sondagem, feita entre os dias 14 e 17 de junho, com 1000 entrevistados distribuídos pelas 27 unidades da federação, Moro aparece com 19% das intenções de voto, enquanto Bolsonaro tem 22%. O ex-juiz da Operação Lava-Jato supera seu antigo chefe em alguns segmentos, como entre pessoas com mais de 60 anos (24% a 22%) e com renda mensal superior a cinco salários mínimos (24% a 15%). Moro também está à frente de Bolsonaro nas regiões sudeste (24% a 21%) e sul (20% a 18%). Na terceira e na quarta colocações, estão nomes da esquerda. Derrotado no segundo turno em 2018, Fernando Haddad, do PT, tem 13%. Já Ciro Gomes, do PDT, registra 12%. (mais…)