PETO 34° recupera carro roubado em Brumado

 
Na manhã deste sábado (19), Policiais Militares da cidade de Brumado prenderam 03 indivíduos acusados pela prática de um roubo na cidade de Salinas-MG. Após roubarem uma carga de mercadoria na cidade mineira, os autores do crime fugiram e passaram a ser monitorados pelo setor de inteligência da 34ªCIPM e da PRF, sendo interceptados no momento em que passaram por Brumado. 
Após a detenção de três homens, constatou-se que um dos envolvidos possuía mandado de prisão em aberto e o veículo utilizado apresentava restrição de furto/roubo. 

Prefeitura acaba com obrigatoriedade de máscara em área aberta e retira limitação de público em eventos*

O uso de máscaras faciais em ambientes abertos será facultativo, a partir desta terça-feira (22), em Vitória da Conquista. O decreto municipal 21.764, que desobriga o uso de máscara em áreas abertas e retira a limitação de público em eventos e atividades, foi publicado em edição extra do Diário Oficial do Município na tarde de hoje. (mais…)

O Caveirão do PETO 46° prende menorzão com 27 buchas de cocaína

Em rondas pelas imediações da Rua F, Bairro Benito Gama em Livramento de Nossa Senhora, a Guarnição do PETO da 46ª CIPM avistou um indivíduo em atitude suspeita, posteriormente identificado como J. V. F.F., menor de idade, o qual demonstrou bastante nervosismo ao visualizar a viatura. Ao proceder com a busca pessoal, foram encontrados em sua posse 27 pinos de substância análoga à Cocaína em uma sacola plástica e mais sacos plásticos para acondicionamento da droga. Indagado sobre a procedência do material, o menor informou que “teria pego na mão de uma mulher”, identificada pelas iniciais L. S., a qual foi localizada pela polícia na Rua Z do mesmo Bairro. A suspeita passou por busca pessoal, realizada por uma Policial Feminina, a qual não encontrou nada ilícito em sua posse. Ao dar sua versão dos fatos, a mulher alegou que teria guardado uma sacola plástica no interior de sua residência a pedido do menor, mas não sabia do que se tratava o conteúdo e que, logo em seguida, teria devolvido a ele.

DESFECHO DA DILIGÊNCIA:

Diante doa fatos, os envolvidos foram encaminhados à Delegacia Territorial de Livramento a fim de serem tomadas as medidas cabíveis.

*MATERIAL APREENDIDO

– 27 Pacotes de Substância Análoga à Cocaína;
– Material para Acondicionamento da Substância

Dr. Altamirando Rodrigues Ex-Delegado Chefe da Polícia Civil do Estado da Bahia

  1. Estão Voltando as Flores.

Em dezembro de 2019 surgiu na cidade de Wuham, na China, a coronavírus SARS-CoV-2, Covid-19.
Em 30 de janeiro de 2020, a OMS declarou que o surto do novo coronavírus constitui uma Emergência de Saúde Pública Internacional (ESPII) – o mais alto nível de alerta da Organização, conforme previsto no Regulamento Sanitário Internacional.
Medidas de distanciamento social como estratégia para reduzir o número de casos e controle da doença foram recomendadas pela OMS.
Em 02 de março de 2020, desembarquei no aeroporto de Salvador, já usando máscara e álcool em gel.
Em 6 de março, foi confirmado o primeiro caso no estado da Bahia, na cidade Feira de Santana e a infectada, uma mulher de 34 anos
Em 11 de março de 2020, a Covid-19 foi caracterizada pela OMS como uma pandemia. O termo pandemia se refere à distribuição geográfica de uma doença e não a sua gravidade.
Em 13 de março, os primeiros três casos confirmados em Salvador. Uma mulher de 52 anos, sua filha de 11 anos e um homem de 72 anos.
Em 29 de março, a primeira morte confirmada no Estado, em Salvador. Paciente, homem de 74 anos.
A OMS e a comunidade médica lançam cartilha propondo conduta para diminuir o risco de contrair a doença, ou seja: usar máscara, lavar as mãos ou usar álcool, evitar aglomeração, mantendo o distanciamento, cobrir a boca com o braço ao espirrar e sempre deixar janelas abertas para circulação do ar em ambientes fechados.
No Brasil, o Ministro da Saúde, os governadores estaduais e os prefeitos, nos limites da autonomia e competência da Unidade Federativa que dirigem, editaram medidas para a obediência às normas recomendadas pela OMS, flexibilizando ou reforçando o seu cumprimento, na medida do aumento, estabilidade ou diminuição do número de infectados, internados e óbitos.
Nessa linha de atuação, o Governador da Bahia, Rui Costa dos Santos, editou atos normativos mediante decretos, os alterou e alterou, também, Leis, visando principalmente limitar o número de pessoas em ambientes abertos e fechados, manter o distanciamento e o uso de máscara, obviamente, imprescindíveis e com total coerência.
Contudo, a autorização para que eventos sejam realizados sem restrição de público na Bahia, consignado no Decreto Nº 21.247 de 18/03/2022, publicada na edição de sábado (19/03/2022), elaborado com base na redução substancial do número de óbitos, taxa de ocupação de leitos de UTI e número de casos ativos divulgados diariamente nos boletins epidemiológicos, faz-me lembrar da história do compositor Amaral Gurgel.
Em dezembro de 1960, final da primavera, Paulo Gurgel Valente do Amaral Soledade, paranaense de Paranaguá, encontrava-se em leito hospitalar, desenganado por uma junta médica. Numa manhã, seu médico aproximou-se de seu leito hospitalar e anunciou que seu quadro clínico melhorara muito e que em breve estaria curado.
Eufórico ele pediu que fechassem a cortina e abrissem a janela. Vendo o brilho do sol e embora final de primavera, estação das flores, ele em 15 minutos compôs a música “Estão Voltando as Flores”, em ritmo de marcha-rancho, com os seguintes versos:
“Vê, estão voltando as
Vê, nesta manhã tão linda
Vê, como é bonita a vida
Vê, há esperança ainda

Vê, as nuvens estão passando
Vê, um novo céu se abrindo
Vê, o sol iluminado
Por onde nós vamos indo
Apesar de ser uma marcha-rancho, não foi feita para carnaval. Foi gravada, respectivamente, por Helena de Lima, Dalva de Oliveira e Emílio Santiago, que a interpretaram com o romantismo que inspirou Paulo Gurgel Soledade no ensejo de sua composição.
Transportando essa música agora, para bem próximo de nós, gostaria muito de ouvi-la na voz de Florisvaldo Andrade (Baeco). Contudo, dele só resta a lembrança. Foi mais uma vítima das mais de 29 mil na Bahia, que tiveram suas vidas ceifadas de forma insidiosa e cruel pela Covid-19, que diferentemente do Serial Kill não escolhe suas vítimas. Ela mata embrião, feto, nascituro, criança, adolescente, adulto, balzaquiano, idoso, pobre, rico, remediado, preto, branco, mulato, amarelo ou de qualquer cor, mulher e homem.
Resta-me, contudo, a esperança de ouvi-la na voz do escritor, compositor, violonista e cantor, Elomar Figueira Mello, que ainda se encontra internado, mas, resistindo à judiação da Covid-19 e a ela sobreviverá, mercê da misericordiosa proteção Divina, rogada em orações pelos seus amigos e admiradores, nos quais me incluo, como admirador. Mesmo que a oitiva seja na Casa dos Carneiros, para cujo comparecimento estou-me auto convidando.
Há mais de 2 anos me cuido, evitando aglomeração, mantendo a distância cautelar do meu vizinho, usando máscara, álcool em gel, lavando frequentemente as mãos e tomando vacinas, tantas quantas forem necessárias, considerando a minha condição de septuagenário, portador de comorbidades, por isso classificado no grupo de risco. Sou muito grato a Deus por estar vivo e continuarei fazendo a minha parte, recomendando, também aos meus chegados que façam o mesmo, até que tenhamos a esperada notícia emanada das autoridades da saúde, dando conta da que a Covid-19 está sob absoluto controle.

Ilhéus vende o diesel mais caro do Brasil, aponta pesquisa da ANP

O litro diesel mais caro do Brasil é vendido em Ilhéus, Sul da Bahia. Segundo pesquisa semanal da Agência Nacional de Petróleo (ANP), entre os dias 13 e 19 de março, o município vendia o litro do combustível a R$ 7,980. O preço médio do diesel na Bahia no período do levantamento foi de R$ 6,730, maior que a média no Brasil, que foi de R$ 6,654 na semana passada. Já com relação à gasolina, o valor mais alto na Bahia foi encontrado na cidade de Juazeiro, no norte do estado, onde o litro bateu R$ 8,20. O preço médio da venda da gasolina no estado é de 7,524, enquanto no país é de R$ 7,267. O gás de cozinha mais caro foi encontrado em Ilhéus e Barreiras, ambos com R$ 125. A média do país ficou em R$ 112,54.

Caixa libera abono salarial para trabalhadores nascidos em setembro

Os trabalhadores da iniciativa privada nascidos em setembro recebem hoje (22) o abono salarial ano-base 2020. A Caixa Econômica Federal iniciou o pagamento em 8 de fevereiro e prosseguirá com a liberação até 31 de março, baseada no mês de nascimento do beneficiário.

Também hoje, o Banco do Brasil libera o abono salarial para os trabalhadores do setor público com inscrição final 8. O pagamento para essa categoria começou a ser feito em 15 de fevereiro e segue até 24 de março, com base no dígito final da inscrição do servidor.

O abono salarial de até um salário mínimo é pago aos trabalhadores inscritos no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) há pelo menos cinco anos. Recebe o abono agora quem trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2020, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. (mais…)


Vitória da Conquista cai uma posição entre 20 cidades com melhor saneamento básico do país

Foto: Mauri Azevedo / Embasa

Vitória da Conquista perdeu uma posição entre as cidades com melhor cobertura de saneamento básico do país. Saiu da 12° lugar para a 13°. O ranking foi divulgado nesta terça-feira (22) pelo Instituto Trata Brasil, em parceria com GO Associados. Esta é a 14ª edição do Ranking do Saneamento que leva em consideração os 100 municípios mais populosos do país. O dia 22 de março é lembrado como o Dia Mundial da Água.

 

Dezesseis cidades baianas com mais de 100 mil habitantes ficaram de fora do ranking de melhor serviço de saneamento básico. Entre elas estão Salvador, Feira de Santana, Camaçari, Teixeira de Freitas, Barreiras e Ilhéus. (mais…)

Prefeita recebe empresários da Siqueira Campos e reforça importância de continuar teste com faixa exclusiva para ônibus

Em audiência na manhã desta terça-feira (22) no gabinete da Prefeitura da Zona Oeste a prefeita Sheila Lemos ouviu um grupo de comerciantes da Rua Siqueira Campos, que foram dialogar com a gestora acerca das mudanças na via pela Prefeitura e reafirmou a necessidade de manter o teste de trafegabilidade na faixa exclusiva experimental implantada entre a Praça Crésio Dantas Alves (Praça da Normal) e a esquina Rua Coronel Gugé. Também participou da reunião, o vereador Marcos Vinícius, que intermediou o encontro.

“A faixa exclusiva para ônibus é uma ação necessária, que as grandes e médias cidades brasileiras têm adotado para melhorar a mobilidade urbana e esse é o nosso objetivo aqui”, enfatizou a prefeita, após ouvir as reivindicações do grupo de empresários. Para Sheila Lemos, a Prefeitura procura alternativas que possam atender à grande massa da população que usa o transporte coletivo urbano, sem deixar de levar em conta as reivindicações e argumentos de lojistas e dos condutores de automóveis que fazem uso da via.

A gestora também  explicou que será a partir dos dados coletados até o prazo previsto no edital, 10 de abril, que a Prefeitura definirá, por exemplo, se a faixa será exclusiva, preferencial ou mista. Sheila Lemos pediu paciência aos comerciantes e marcou uma nova reunião na sexta-feira (25) para avaliar os resultados dos testes, que prosseguirão com acompanhamento dos especialistas da Secretaria de Mobilidade Urbana.

*Reunião importante*

Há sete anos, com comércio na Siqueira Campos, Ilka Quintela, comentou a importância de ser recebida pela prefeita. “Essa reunião com Sheila foi importante porque esclareceu muitas dúvidas e nós pudemos mostrar para ela também o nosso ponto de vista. Foi extremamente importante essa oportunidade que ela nos deu”, avaliou a comerciante.

De acordo com o vereador Marcus Vinícius, o canal de diálogo foi aberto e isso será fundamental para o entendimento. “Tenho certeza que se chegará num denominador comum, que atenderá as demandas da população, da Prefeitura e dos comerciantes. Não tenho dúvidas disso!”, afirmou o vereador Marcus Vinícius.

Economia – A expectativa, com a adoção da faixa exclusiva para ônibus, que poderá ser implantada em outras vias da cidade, é que ocorra a redução do tempo de viagem para os usuários e dos custos operacionais (combustíveis, freios e horas-homem) que oneram a tarifa prejudicando, principalmente, que tem dificuldade para pagar a passagem.